Sebastian Vettel quer fazer um “milagre” para vencer o GP do Brasil

Sebastian Vettel diz que está esperando conseguir um “milagre” ao superar os pilotos da Mercedes para vencer no GP do Brasil. A Mercedes dominou o treino classificatório em Interlagos, com Nico Rosberg e Lewis Hamilton meio segundo à frente do rival mais próximo Vettel.

Apesar da grande desvantagem numa única volta, Vettel deixa clara a tendência da Ferrari de desempenhar melhor num ritmo de corrida nesta temporada.

“Eu teria amado ficar mais perto das Mercedes, mas este seria nosso máximo hoje”, explicou Vettel depois do treino classificatório.

“No Q2 parecia que podíamos reduzir um pouco a distância, particularmente para o Lewis. Eu vi que a volta do Nico não foi limpa, então esperava que ele fosse superar Lewis no Q3. Ambos melhoraram, e isto deixou as coisas muito difíceis para nós”.

“Vamos ver amanhã, normalmente na corrida estamos um pouco mais próximos. Para ficar na frente da Mercedes precisamos de uma grande largada. A primeira curva não está muito longe e uma boa largada sempre ajuda”.

“Interlagos é um lugar maluco, muitas coisas podem acontecer. Nosso objetivo para amanhã é dar tudo e é o nosso objetivo fazer um milagre. A chance está lá e acreditamos nela”.

Raikkonen acabou ficando em quinto, atrás de Valtteri Bottas, depois de cometer um erro em sua última volta, mas subirá para quarto depois da punição sobre o piloto da Williams por violar uma bandeira vermelha num treino classificatório.

“Eu espalhei na última volta no Mergulho e isto também afetou minha entrada na última curva, então o fim da minha volta não foi o ideal e perdi tempo”, comentou Raikkonen. “Apesar disto, o carro está funcionando bem aqui, então vamos ver o que podemos fazer na corrida amanhã, tentando fazer uma boa largada e subindo de lá”.