Fernando Alonso admite grande frustração com seu abandono no classificatório

Fernando Alonso admitiu “muita frustração” depois de um problema técnico encerrar sua sessão classificatória para o GP do Brasil. Alonso, que teve que voltar a usar um motor antigo da Honda depois de uma quebra no segundo treino livre, ficou parado novamente no começo do Q1.

Alonso assistiu o restante da sessão de uma cadeira de praia, antes de posar para fotos no pódio com seu companheiro de equipe Jenson Button.

A saída prematura do classificatório de Alonso segue o abandono na primeira volta no GP do México, seu sétimo da temporada.

“Infelizmente, piadas a parte, há muita frustração por não fazer parte da corrida no México, e não fazer parte do treino classificatório aqui”, explicou Alonso aos repórteres no paddock de Interlagos.

“Precisamos resolver muitos problemas e espero que amanhã podemos correr sem problemas. No próximo ano precisamos aprender com todos estes problemas e não os repetir mais”.

Button não conseguiu impedir a oitava eliminação dupla da McLaren no Q1 ao terminar em 17º.

“Eu estava, na verdade, muito mais perto do 15º (posição de corte para o Q2) do que eu pensei que seria, apenas em torno de meio décimo, então foi muito melhor”, disse Button, que ganhará uma posição depois da punição por troca de motor de Daniel Ricciardo.