GP do Brasil inova terá ‘grid girls’ e ‘grid boys’

O Brasil estreará no mundo o primeiro fim de semana misturando as tradicionais ‘grid girls’ com um número igual de ‘grid boys’. Os pilotos de Fórmula 1, incluindo Sebastian Vettel mais cedo neste ano admitiu seu desprazer que as ‘grid girls’ em Mônaco foram todas substituídas por modelos masculinos.

Depois disto houve a proibição total de ‘grid girls’ em Le Mans.

Nesta quarta-feira, a nova e ‘moderna’ abordagem tomado pelos organizadores do GP do Brasil ficou clara, quando ambos homens e mulheres surgiram no grid em Interlagos.

“Não sou da democracia”, disse o ‘chefão’ da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, à ‘TV Globo’. “Mas é uma boa ideia ter homens e mulheres no grid”.

À cargo desta inovadora abordagem está Marcelo Peixoto, um membro da organização da corrida, que disse a ideia é um espelho da maneira moderna de pensar do “povo brasileiro”. “Eu acho que é importante que o Brasil inove com esta mudança”, disse Peixoto.