Renault pode manter nome Lotus na próxima temporada

De acordo com a publicação francesa ‘Auto Hebdo’, a Renault poderia manter a nomenclatura Lotus em 2016 assim que a montadora assinar a compra da equipe sediada em Enstone.

A Renault assinou e publicou uma carta de intenção sinalizando a compra da Lotus no final de setembro, mas as negociações não parecem ter evoluído desde então. O chefe de equipe Federico Gastaldi revelou que o acordo poderia ser adiado até dezembro por conta do longo processo de aquisição.

No entanto, a ‘Auto Hebdo’ informa que o CEO da Renault, Carlos Ghosn, deveria finalmente dar a luz verde para o acordo nesta semana com um anúncio esperado para logo em seguida.

Com 2016 sendo um ano de transição, a Renault poderia decidir manter o nome Lotus para o próximo ano. O racional por trás de tal decisão poderia impedir uma mancha na imagem da montadora francesa caso a nova equipe prove ser pouco competitiva.

Independente da nomenclatura da equipe, sua dupla de pilotos consistirá de Pastor Maldonado e Jolyon Palmer.