Stoffel Vandoorne será piloto de testes da McLaren em 2016, afirma site

O novo campeão da GP2 Stoffel Vandoorne sucederá definitivamente Kevin Magnussen como piloto reserva da McLaren em 2016, segundo o site ‘GrandPrix.com’.

O belga já está em permanente prontidão, enquanto Kevin Magnussen, que foi demitido pela equipe britânica, se recupera de uma mão quebrada.

“Você viu com Kevin”, disse Sergio Perez, ex-piloto da McLaren, ao ‘The Telegraph’ no México. “Ele entrou e eles (McLaren) infelizmente arruinaram a sua carreira. Não é que a McLaren faça isso de propósito, é apenas muito política”.

Mas enquanto Magnussen não correu nada no tempo que ficou como reserva este ano, Vandoorne quer continuar correndo em 2016.

“Eu não sei o que vai ser ainda”, disse ele, “mas há definitivamente algumas opções. Provavelmente vou ser piloto reserva na McLaren, o que é ótimo, mas também quero permanecer afiado e focado correndo”.

Como vencedor do título deste ano, Vandoorne não pode simplesmente ficar na GP2 no próximo ano, e disse que também pode “entender” por que a McLaren quer manter seus pilotos Fernando Alonso e Jenson Button.

Assim, a série japonesa Super Formula, onde a Honda, parceira da McLaren, tem uma presença forte, aparece como a primeira opção.

“Eu acho que os carros são tão ou mais rápidos quanto a GP2. A potência é menor, mas a estabilidade e equilíbrio é muito maior”, disse Vandoorne.